Últimas notícias »

SINDICATO  DOS  EMPREGADOS
EM TURISMO E HOSPITALIDADE
SÃO JOSÉ DO RIO PRETO E REGIÃO

entre em contato conosco
17 3203.0077
Esporte 13/8/2018 9:31:37 » Por

Cobiçado, Lewandowski dá sinal de nova temporada cheia de gols

Atacante deixa Copa ruim para trás, marca três vezes na conquista da Supercopa da Alemanha



Por Tébaro Schmidt, Frankfurt, Alemanha

13/08/2018 07h37  Atualizado há 1 hora

 

O artilheiro precisou de 20 minutos para abrir a contagem de gols da temporada. Em menos de uma hora em campo, aos oito do segundo tempo, foram três marcados na vitória por 5 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt que deu o título da Supercopa da Alemanha ao Bayern de Munique – o terceiro consecutivo, um recorde. Para quem vinha por baixo depois da decepção na Copa do Mundo, e que continua sendo assunto na janela europeia de transferências, um começo de 2018/19 de encher os olhos.

 
Lewandowski ergue a taça da Supercopa da Alemanha: referência (Foto: EFE/EPA/RONALD WITTEK)

Lewandowski ergue a taça da Supercopa da Alemanha: referência (Foto: EFE/EPA/RONALD WITTEK)

O interesse do Real Madrid pelo atacante polonês Lewandowski, de 29 anos, alimentado pela ineficiência do francês Benzema e impulsionado depois da saída de Cristiano Ronaldo, não é novidade. Em março passado, por exemplo, a imprensa espanhola noticiou o que seria um acordo entre clube e jogador. No mês passado, o próprio Lewandowski teria manifestado seu desejo de vestir a camisa merengue.

A impressão que fica é de que o negócio está nas mãos do Real, que não anuncia uma contratação de chamar a atenção desde o colombiano James Rodríguez, artilheiro da Copa do Mundo de 2014. Embora, em todo caso, o clube alemão pareça considerar o atacante inegociável.

Niko Kovac, aliás, encheu a bola do seu camisa 9 na entrevista coletiva depois da partida em Frankfurt. Sem entrar em outros méritos.

- Nós não temos que falar muito do Robert. Ele é um jogador muito bom, um dos melhores centroavantes do mundo, que provou isso hoje. Não é fácil fazer três gols em 70 minutos – disse o treinador, mencionando o momento em que o atacante foi substituído.

O hat-trick também foi importante para que Lewandowski deixasse um pouco para trás a imagem do fracasso na Copa do Mundo. Apesar dos 41 gols na temporada passada, a última imagem foi a de um jogador inofensivo nos três jogos disputados pela Polônia – que foi cabeça de chave e que, portanto, era a favorita para passar de fase no grupo que também tinha Senegal, Colômbia e Japão. Terminou o Mundial sem balançar a rede em três partidas, eliminado.

 

 


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rua Conselheiro Saraiva, 317 | Vila Ercilia | São José do Rio Preto - SP | Fones: 0xx (17) 3203-0077 | Diretor Presidente - Sergio da Silva Paranhos

Sindicato SETH - Todos os direitos - Desenvolvido por MaquinaWeb Soluções em TI